Pesquisa de satisfação para restaurante: A preferência do público carioca

Conheça os principais pratos típicos do Rio de Janeiro

As comidas típicas do Rio de Janeiro possuem forte influência da culinária europeia. Oferecem sabores especiais que são tradicionais da localidade e se tronaram um programa obrigatório a todos que visitam a cidade.

Quer conhecer algumas comidas típicas Rio de Janeiro? Feijoada, Filé à Oswaldo Aranha e bolinho de bacalhau estão nesse roteiro gastronômico. Confira!

Feijoada

Muitos dizem que a feijoada é o prato mais tradicional do Brasil!

Existem indícios que comprovam essa afirmação, pois em 1849 um anúncio publicado no Jornal do Commercio, no Rio de Janeiro, mencionava a refeição.

A feijoada consiste basicamente na mistura de feijão preto cozido com pedaços da carne de porco e se completa com acompanhamentos, que geralmente são o arroz branco, farofa (a de farinha de mandioca é bastante comum), laranja fatiada, couve refogada ou crua e molho de pimenta.

Apesar do que se ouve, a criação da feijoada não está relacionada aos escravos. O prato surgiu da adaptação de pratos europeus, principalmente os portugueses. O cozido deles foi reproduzido com ingredientes da culinária brasileira e passou a ser servido para a população.

Por todo o Brasil, a feijoada sofre adaptações regionais e ganha novos ingredientes, mas sempre mantém seu sabor inigualável.

Filé Oswaldo Aranha 

Mais genuinamente carioca que esse prato não existe! Mas o criador é, na realidade, gaúcho.

Oswaldo Aranha era um político que sempre pedia o mesmo prato nos restaurantes em que parava: um filé temperado com alho, acompanhado de farofa, arroz branco e batatas portuguesas.

A refeição ficou tão conhecida que entrou para o gosto dos cariocas e para o cardápio dos Restaurantes Cosmopolitas.

O prato sofreu algumas alterações: hoje se utiliza o filé mignon e se cozinha os acompanhamentos separados.

Além disso, é possível encontrar o filé à Oswaldo Aranha em grande parte dos restaurantes no Rio, principalmente nos mais tradicionais.

Bolinho de bacalhau

O bolinho de bacalhau é tradição no Rio de Janeiro. A combinação de bolinho de bacalhau com uma boa cerveja, é irresistível não só para os cariocas, mas para qualquer pessoa que gosta de boas comidas e petiscos.

O bacalhau e o azeite são heranças lusitanas que foram adicionadas ao cardápio do brasileiro e, principalmente, ao paladar do carioca.

Não existe uma receita específica para a preparação do bolinho, desde que ele fique macio por dentro e crocante por fora.

Os formatos e versões variam, mas a base continua a mesma:

bacalhau desfiado, batata amassada e tempero (cebola, cebolinha, azeitona, entre outros).

Os três pratos acima são encontrados nos melhores restaurantes do Rio de Janeiro. 

Porém, para um restaurante ter sucesso com os seus clientes, não basta apenas servir bons pratos: é necessário ter um atendimento de qualidade.

Para garantir um bom atendimento é necessário conhecer a opinião dos seus clientes. 

Independente do prato típico e da localidade, para garantir um bom atendimento é necessário conhecer a opinião dos seus clientes.

O mercado gastronômico é sem dúvida extremamente competitivo e atende a um público altamente exigente.

Por isso, para obter sucesso no atendimento ao cliente – e em qualquer outra área do negócio – é necessário se planejar e compreender que para gerenciar ou até evitar crises, é preciso se precaver e ser um grande conhecedor de seu cliente, além de um ótimo gestor para sua equipe.

Você já conhece o Risposta?

Risposta é a pesquisa de satisfação que consegue reunir as suas maiores necessidades em uma só ferramenta.

Proporcionamos mais economia, ganho de tempo e assertividade em suas decisões.

Possuímos um banco de dados repleto de informações sobre o segmento, disponibilizando-as, de forma anônima, para consulta.

Ficou interessado no que o Risposta pode fazer pelo seu negócio?

Entre em contato agora com um de nossos consultores e saiba mais sobre o Risposta acompanhando nosso Instagram.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *